Digite seu nome e número de telefone para que possamos entrar em contato com você.

Preencha os dados do formulário abaixo para entrar em contato via e-mail com a Sete Estrelas

Preencha os campos abaixo para fazer seu login e ter acesso aos conteúdos restritos do site.

Lembrar senha.

QUAL O VALOR ECONÔMICO DA AVALIAÇÃO GENÉTICA?terça, 05 de outubro de 2010QUAL O VALOR ECONÔMICO DA AVALIAÇÃO GENÉTICA? A pecuária de corte em nosso país está vivendo uma verdadeira revolução em seus parâmetros normais de funcionamento, decorrentes de um enorme descompasso entre o forte abate de matrizes em anos anteriores provocando um ciclo de alta, contrastado com o aumento na capacidade de abate da indústria. O azar é que a fase de alta deste ciclo pecuário atual inicia seu terceiro ano com sérios problemas na ponta vendedora, com a cotação do dólar baixa queda nas exportações e volta da inflação em nível mundial castigando o poder de compra dos consumidores. A venda atuava, há alguns anos, a favor da fase de alta do ciclo graças ao forte crescimento da economia mundial, que promoveu inclusive, o aumento no consumo de carnes e à expansão das grandes indústrias frigoríficas. Agora atua no sentido contrário, sendo esta é a grande barreira à valorização significativa da arroba. Para se preparar para o que vem por aí, a saída é a implantação cada vez maior de projetos pecuários estruturados que permitam ganhos reais em produtividade. O desafio maior de todos nós é o de oferecer padrão de qualidade para sustentar a nova realidade de características de preço do mercado. Neste sentido, a produção de qualidade passa a ser prioridade máxima da demanda da indústria, e a uniformidade o ponto chave para os ganhos econômicos consistentes para o pecuarista. E a maneira mais rápida e eficiente de se obter a uniformidade é sem dúvida nenhuma o melhoramento genético, por meio da inseminação artificial. Estejam atentos os técnicos e criadores envolvidos em programas de avaliação genética para esta realidade, onde os conceitos de índice, objetivos e critérios de seleção não devem se confundir, pois são muitos as possibilidades e muitos os caminhos. Cada criador tem em mente um índice, ou um conjunto de características dos animais, que ele considera importantes para seu rebanho, no entanto devemos considerar que a inclusão de determinada característica em programa de melhoramento deve estar condicionada fortemente a sua importância econômica, ao seu potencial de ganho genético, aos custos de sua medição e aos interesses individuais de cada segmento da cadeia produtiva. A Alta se sente orgulhosa em poder participar deste momento da pecuária seletiva brasileira, onde os olhos do mercado começam a se voltar para o melhoramento genético objetivo na difusão de material genético em larga escala, pois nossa empresa tem a exata consciência de sua responsabilidade no processo de melhoramento do rebanho nacional. A maior prova desta consciência está nos diversos PROGRAMAS ESPECIALIZADOS EM GADO DE CORTE inteiramente voltado ao atendimento de todas as necessidades do pecuarista e totalmente focado no seu resultado global com a gestão de seu negócio.

VOLTAR
Início - Notícias - Produtos - Programas - Touros - Doadoras - Eventos - Fale Conosco
Sete Estrelas Embriões 2018 - Todos os direitos reservados dothCom Consultoria Digital